Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

 

 

 

Resultados obtidos para os Efeitos de Drogas no Ritmo Cardíaco da Dáfnia
 
Grupo
Grupo 1
Grupo 2
Grupo 3
Grupo 4
Grupo 5
Solução a testar
Nicotina
(cigarro 30%)
Álcool 5,6%
(cerveja)
Álcool 12%
(vinho)
Álcool 40%
(vodka)
Cafeína
(café 30%)
Média do Ritmo Cardíaco
CONTROLO
200
296
202
 264
 210
Prever o Efeito da Solução a testar (Legenda)
 
+ +
 
- -
 
 
- -
- -
x
+ +
Média do Ritmo Cardíaco
SOLUÇÃO
338
172
58
14
242
Classificação da droga
Estimulante/Depressora
 Estimulante
Depressora 
Depressora 
Depressora
Estimulante

 

 

LEGENDA
+++ grande aumento do ritmo cardíaco
++ aumento do ritmo cardíaco
+ pequeno aumento do ritmo cardíaco
0 ritmo cardíaco sem alteração
- pequena diminuição do ritmo cardíaco
-- diminuição do ritmo cardíaco
--- grande diminuição do ritmo cardíaco
x paragem do coração

 

 

 

 Registo de Valores Obtidos e Tratamento de Resultados

 

 
 
 
 
 
Solução Experimental (Droga)
Média do Ritmo Cardíaco (BPM) Controlo (Água)
 
Média do Ritmo Cardíaco (BPM) Solução Experimental (Droga)
Variação do Ritmo Cardíaco
 
% de Variação do Rítmo Cardíaco
 
A
B
C= B-A
D= [(B-A)/A]x100
Nicotina (cigarro 30%)
200
338
138
69
Álcool 5,6% (cerveja)
296
172
-124
-41,9
Álcool 12%(vinho)
202
58
-144
-71,3
Álcool 40%(vodka)
264
14
-250
-94,7
Cafeína (café 30%)
210
242
32
15,2

 

 

 
 Com a análise deste quadro podemos concluir que a nicotina e a cafeína são drogas estimulantes uma vez que a percentagem de variação do ritmo cardíaco é positiva, enquanto que o álcool é uma droga depressora com efeitos diferentes consoante a percentagem de álcool, uma vez que a variação do ritmo cardíaco é negativa.  

 

 

   

 

publicado por essmf-8a às 15:35

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
25

26
27
28
29
30


arquivos
2009

blogs SAPO


Universidade de Aveiro